BLOG DO PORTAL ESCUDO
Treinamentos Obrigatórios e Gamificação: o que você está perdendo?

Treinamentos Obrigatórios e Gamificação: o que você está perdendo?

Quando pensamos em treinamentos obrigatórios é importante ter em mente que falamos em ensinar adultos. E eles aprendem de maneiras e por motivos diferentes. Assim, o uso de ferramentas e técnicas variadas, como a Gamificação, que promovam um aprendizado dinâmico, engajador e com propósitos claros, costumam fazer uma grande diferença. Inclusive nos cursos normativos.

Leia mais:

Embora a Gamificação não seja novidade no âmbito da educação – tanto a corporativa quanto a formal – ainda não é tão disseminada nos cursos de SST. Seu foco é usar mecânicas dos jogos para engajar os alunos e auxiliar na absorção do conhecimento. Uma tarefa que costuma ser um pouco mais difícil para quem trabalha com treinamentos obrigatórios.

Isso porque é importante que as informações sejam repassadas conforme as diretrizes de cada NR. O que pode tornar o curso normativo mais monótono do que os demais. Sendo assim, a aplicação da Gamificação nesses casos é uma verdadeira carta na manga para os profissionais de T&D da área de saúde e segurança do trabalho.

Sobre a Gamificação

Independente da atividade que você precisa realizar, ela acaba ficando bem mais fácil e ágil quando se parece com um jogo, certo? Seja organizar as gavetas, pedir para as crianças guardarem os brinquedos ou mesmo executar as tarefas de um checklist.

A verdade é que a ideia de uma recompensa ao fim de uma atividade, por mais chata que ela pareça, acaba deixando-a mais atrativa. É por isso que hoje existem diversos aplicativos e ferramentas que te ajudam a Gamificar as ações do dia a dia, em um esforço para que as pessoas engajem mais facilmente com suas obrigações.

A Gamificação é justamente isso: usar mecânicas de jogos – nesse caso, acumulação de pontos e bonificação – para engajar e tornar dinâmicos os cursos. Algo especialmente importante para a área de treinamentos obrigatórios.

De acordo com a 14ª edição do Panorama do Treinamento no Brasil 2019/2020, o índice de absenteísmo nas ações de treinamento gira em torno de 14%. Ou seja, apenas 86% dos colaboradores comparecem e efetuam os cursos conforme determinado pelo setor de RH ou a área de T&D. Uma taxa perigosa, quando pensamos em treinamentos obrigatórios, uma vez que a organização pode ser multada e até mesmo interditada se não houver capacitação.

E atenção: não se deixe enganar! Jogos Corporativos não são o mesmo que treinamentos Gamificados. Inclusive, é possível aplicar a mecânica dos jogos em treinamentos já existentes, uma vez que a Gamificação diz respeito a jornada de treinamento e não os formatos em si.

Elementos chave da experiência

Para desenvolver uma experiência de Gamificação de sucesso, existem alguns elementos chave que podem ser usados. Portanto, é importante tê-los em mente na hora de planejar a forma como os treinamentos obrigatórios serão gamificados, para que seja possível aproveitar todo o seu potencial. Esses itens, descritos por Brian Burke, autor de Gamificar, são:

  1. Mecânicas do jogo: definir quais elementos de jogos serão usados, como pontos, medalhas, rankings, etc.
  2. Design da experiência: definir como os elementos descritos no item 1 vão se encaixar na jornada de aprendizagem dos alunos.
  3. Engajamento: diz respeito as ferramentas tecnológicas que vão auxiliar no engajamento dos participantes, como computadores, celulares, tablets, etc.
  4. Motivação: é preciso reconhecer o objetivo de gamificar o treinamento obrigatório, como por exemplo mudar o comportamento dos colaboradores e desenvolver competências técnicas.
  5. Atingimento de metas: com a gamificação, os participantes conseguem, de fato, enxergar seu avanço pelo treinamento e visualizar a possibilidade de atingir seus resultados.
Baixe uma aula grátis antes de conversar sobre Gamificação com os nossos especialistas!

Como a Gamificação pode ser usada nos treinamentos obrigatórios?

Como você pode ver até aqui, a Gamificação beneficia principalmente o engajamento e a absorção do conhecimento. Por isso, acaba se tornando uma carta na manga na hora de promover treinamentos obrigatórios. E agora, para que seja possível visualizar como essa ferramenta funciona na prática, trouxe o exemplo do Sistema Escudo.

Nossa plataforma LMS de treinamentos normativos possui um Módulo de Gamificação. Através dele, é possível aplicar a mecânica dos jogos em treinamentos específicos e na concepção de trilhas de aprendizagem, por exemplo.

Dessa forma, é possível criar desafios, missões e jornadas, que são diferentes níveis de agrupamento de treinamentos. E definir o que o aluno recebe ao completar cada etapa. Ele pode acumular pontos, moedas, medalhas… A definição fica a sua escolha.

Assim como o prêmio que ele recebe ao completar a jornada estabelecida previamente. Essa bonificação pode ser um produto, serviço ou até mesmo outros treinamentos – para incentivar a aprendizagem continuada – que o aluno possa resgatar em troca dos pontos, moedas ou medalhes que acumulou ao longo da jornada.

Além disso, o módulo de Gamificação do Sistema Escudo também exibe um ranking e um medidor de engajamento. O primeiro item ajuda a estimular uma competição saudável entre os participantes dos treinamentos, exibindo a posição de cada um de acordo com o seu engajamento e cumprimento dos desafios, missões e jornadas.

Já o segundo é um medido próprio, que fica disponível para o aluno quando acessa a plataforma com seu login e senha. Assim, ele consegue acompanhar seu próprio nível de engajamento nos treinamentos obrigatórios aos quais foi matrículado. Dessa maneira, estimulando o foco.

Outros benefícios da Gamificação

Agora que você já sabe como a Gamificação pode ser aplicada nos treinamentos obrigatórios, separei alguns benefícios do uso dessa estratégia. Tanto para a empresa quanto para o aluno, olha só:

  • Aumenta a motivação individual, já que o participante tem metas claras para serem atingidas.
  • Ameniza a dor do ensino que comumente é associada a algo chato e com uma obrigação. A Gamificação proporciona uma experiência mais positiva, com ganhos mais perceptíveis para o aluno.
  • O desempenho é mensurável. E não só a respeito da jornada gamificada, mas também dos treinamentos, uma vez que são digitais. A plataforma LMS é capaz de armazenar todas as informações pertinentes ao T&D.

Adote treinamentos obrigatórios EaD

Agora que você já entende como a Gamificação auxilia os treinamentos obrigatórios, vai continuar deixando-a de lado? Adotar uma plataforma LMS que permita treinar SST por EaD em conformidade com a legislação e com o apoio de cursos obrigatórios gamificados, dinâmicos e engajadores é possível. Além disso, ela possui menos custos do que você imagina. Quer ver só?

Clique no banner abaixo e agende agora mesmo uma demonstração com o nosso especialista. Conheça o Sistema Escudo, nossos cursos gamificados e traga seus treinamentos obrigatórios para o século XXI!

Solicite uma demonstração e veja como funciona o nosso módulo de Gamificação!

Deixe uma resposta

Fechar Menu