BLOG DO PORTAL ESCUDO
Abril Verde: tecnologias educacionais ajudam na conscientização e prevenção dos acidentes de trabalho

Abril Verde: tecnologias educacionais ajudam na conscientização e prevenção dos acidentes de trabalho

Ele surgiu como um movimento popular, mas hoje o Abril Verde já conta com o apoio de órgãos públicos e instituições engajadas nas questões de saúde e segurança do trabalho. Através da participação voluntária e espontânea, a campanha busca implantar uma nova cultura para a prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

A data para a campanha também não foi escolhida ao acaso. A Organização Internacional do Trabalho (OIT) instaurou o dia 28 de abril como Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho. A data faz referência ao acidente de 1969, no estado da Virginia, nos Estados Unidos. Na época, uma mina explodiu e deixou 78 trabalhadores mortos. O episódio ficou conhecido como um dos maiores acidentes de trabalho da história.

De lá para cá, muita coisa mudou no mundo da SST. Inclusive a forma como treinamos e conscientizamos sobre a necessidade de seguir as regras e recomendações de segurança. A inclusão da tecnologia nesse meio pode ser um grande aliado no momento que vivemos. Quer saber como? Então continue lendo.

Abril Verde: acidentes não acontecem por acaso, mas sim descaso

É importante ter em mente que acidentes trabalhistas não acontecem ao acaso, mas sim pela falta de instrução, cuidado e preparação. Portanto, são evitáveis quando tomadas as medidas cabíveis.

Mais do que reforçar a necessidade do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), o movimento do Abril Verde busca incentivar a prevenção. Afinal, além de preservar a vida humana, prevenir e evitar acidentes de trabalho custa muito menos as empresas do que lidar com os danos depois do acontecido.

Por isso, é importante por em prática as normas já existentes. Para que isso aconteça, é necessário que todos estejam envolvidos na efetivação das recomendações e que entendam a importância delas. Uma cultura que deve abranger desde os executivos da empresa, até os colaboradores que devem executar as tarefas.

Dados sobre acidentes de trabalho no Brasil

De acordo com um levantamento feito pelo Observatório Digital da Saúde e Segurança do Trabalho, do Ministério do Trabalho, entre os anos de 2012 e 2018, o Brasil teve mais de 16 mil mortes relacionadas a acidentes de Trabalho.

Já o Ministério da Economia aponta que, de janeiro a dezembro de 2019, foram autorizados mais de 190 mil auxílios acidentários no país, referentes a doenças físicas relacionadas a acidentes de trabalho ou doenças ocupacionais desenvolvidas no exercício dele.

Ainda de acordo com o Observatório Digital da Saúde e Segurança do Trabalho, no Brasil temos um acidente de trabalho a cada 49 segundos. Já as mortes são registradas a cada três horas e 40 minutos. O que coloca o país em quarto no ranking mundial de acidentes de trabalho.

Como sua empresa pode aderir ao Abril Verde em meio a pandemia

Levando em consideração os dados sobre acidentes de trabalho apresentados acima, é importante que as empresas usem o movimento do Abril Verde para conscientizar seus colaboradores e instigar a prevenção.

No entanto, a grande maioria das empresas acaba optando por eventos presenciais para o movimento, que tiveram de ser cancelados devido a pandemia de Covid-19 e a necessidade de evitar aglomerações de pessoas. Mas isso não significa que o seu planejamento não pode seguir o curso.

Caso seus colaboradores estejam afastados, fazendo home office ou de licença, por exemplo, é possível criar um cronograma online através de plataformas de treinamento como o Sistema Escudo.

Dessa forma, você consegue manter um cronograma de debates, por exemplo, através de fóruns. Assim, seus colaboradores podem contar com a presença de um especialista tirando dúvidas e instigando a troca de informação.

Também é possível fazer webconferências ou até disponibilizar vídeos gravados com antecedência para falar sobre prevenção, cuidados e treinamentos obrigatórios. Tudo, claro, conforme a necessidade e demanda da sua empresa.

Outra ideia é enviar e-mails recorrentes com dicas e usar o espaço de Pílulas da Sabedoria das plataformas. São métodos de comunicação que podem ser usados diariamente e de forma rápida para lembrar da importância de seguir as regras de SST.

E se você sentir que esse é o momento, pode aproveitar o Abril Verde para oferecer treinamentos obrigatórios e reciclagens para os colaboradores afastados através de EaD. Desde a publicação da NT54 que foram regulamentados os treinamentos de SST a distância.

Então, para recapitular, algumas ações do Abril Verde que a sua empresa pode continuar fazendo, mesmo a distância, com apoio de tecnologias educacionais são:

  • Debates através de fóruns;
  • Disponibilizar material de apoio nas bibliotecas virtuais;
  • E-mails e Pílulas da Sabedoria com conteúdos curtos e rápidos;
  • Vídeos com palestras e conferências.

Conscientize seus colaboradores nesse Abril Verde

Com quase 2 milhões de afastamentos devido a acidentes de trabalho entre os anos de 2012 e 2018, a necessidade de uma mudança de cultura na execução das atividades trabalhistas é mais do que necessária: ela pode salvar vidas.

Assim, mesmo em períodos complexos como o que estamos vivendo, não podemos deixar de lado a conscientização e prevenção. Mesmo pequenas ações podem trazer um grande impacto para o bem-estar e a segurança dos colaboradores na execução de suas tarefas diárias.

Agora, conte para nós: o que a sua empresa tem feito para garantir que o Abril Verde não passe batido na sua empresa? Caso precise de ajuda, estamos à disposição!  

Converse com nosso especialista sobre como podemos ajudá-lo com o Abril Verde!

Deixe uma resposta

Fechar Menu